Categorias

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Aos 33

Solidão a 2... dívida externa... anos luz
Aos 33 jesus na cruz... Cabral no mar aos 32
E eu? O que faço com estes números?
A medida de amar, é amar sem medida...
TO QUASE LÁ...
QUE VENHA O TÃO TEMIDO DUPLO ÍMPAR(hoje ainda é sexta, amanhã eu termino)
Aos 33
Solidão a 2... dívida externa... anos luz
Aos 33 jesus na cruz... Cabral no mar aos 32
E eu? O que faço com estes números?
A medida de amar, é amar sem medida...
São 11:28hs de sábado dia 8 de agosto, acabo de ouvir da minha mãe que a essa hora, a 33 anos atrás, ela já estava sofrendo um tanto, a minha chegada era anunciada e o médico responsável o Dr. Euclides Manzote, que era solteiro e como achava que eu talvez nem nascesse naquele dia, não estava no hospital tinha saido pra namorar, no fim da noite de domingo, minha mãe estava com fortes dores e as 19:00hs eu finalmente cheguei a esse mundão de Meu Deus, para minha mãe e meu pai, eu era o Andrezinho, e pelo que eu sei, "André" foi na verdade o nome que minha avó materna sugeriu, segundo ela, como eu era pequeninho, seria fácil me chamar de Andrezinho, para minha irmã Aletér, eu era o irmãozinho dela que estava chegando, para minha prima Dayane, eu era o 1º primo que estava chegando, até então eram só a Lígia, a minha irmã Aletér e ela, fui o primeiro neto homem dos meus avós tanto maternos, quanto paternos, ah sim, minha prima Liliam que é irmã da Day, de vez em quando diz que na verdade sou um "intrometido" só porque eu nasci antes dela interrompendo assim a sequencia de "netas" dos meus avós maternos, prefiro ser chamado de "Bendito Fruto"rsrsrss.
No dia do aniversário a gente ja sabe mais ou menos quais serão as palavras que vamos ouvir né, nunca é muito diferente, hoje em especial sinto falta da minha irmã Aletér que está viajando, dela eu sempre acabo recebendo palavras diferentes, que me dizem de forma peculiar o que a maioria das pessoas diz de forma simples e bem resumida. Hoje ja me disseram esse resumo algumas vezes. "Meus parabéns, que Deus te abençoe, que você continue sendo essa pessoa maravilhosa que você é". E é tão bom ouvir isso, quando alguém diz essas palavras me faz entender que eu tenho aprendido alguma coisa de bom nessa escola que é a vida e o melhor de tudo, entendo também que mesmo com todas as minhas limitações, mesmo sendo falho como sou, meu esforço para aplicar esse aprendizado na prática do dia a dia, tem sido válido, sou muito grato a Deus antes de tudo pela minha família, meus pais e meus irmãos, primos e primas, tios e tias, avôs e avós, sou privilegiado, não tenho nenhum amigo meu com a minha idade que ainda possa desfrutar de ter todos os avós, sou grato também pelos amigos que tenho, espero sim que eu possa continuar a aprender e muito no percurso que tenho a seguir e que daqui pra frente o meu aprendizado possa ser mais de sábio e menos de tolo, pois como diz o ditado. "O tolo aprende errando, o Sábio aprende assistindo os erros que o tolo comete".
Pessoal vamos praticar mais o amor próprio para alcançar com mais facilidade a prática do amor ao próximo.

Eu Me Amo - Ultraje a Rigor (Roger Rocha Moreira)
Há tanto tempo eu vinha me procurando
Quanto tempo faz, já nem lembro mais
Sempre correndo atrás de mim feito um louco
Tentando sair desse meu sufoco
Eu era tudo que eu podia querer
Era tão simples e eu custei prá aprender
Daqui prá frente nova vida eu terei
Sempre a meu lado bem feliz eu serei

Refrão
Eu me amo, eu me amo
Não posso mais viver sem mim

Como foi bom eu ter aparecido
Nessa minha vida já um tanto sofrida
Já não sabia mais o que fazer
Prá eu gostar de mim, me aceitar assim
Eu que queria tanto ter alguém
Agora eu sei sem mim eu não sou ninguém
Longe de mim nada mais faz sentido
Prá toda vida eu quero estar comigo
Foi tão difícil prá eu me encontrar
É muito fácil um grande amor acabar, mas
Eu vou lutar por esse amor até o fim
Não vou mais deixar eu fugir de mim
Agora eu tenho uma razão pra viver
Agora eu posso até gostar de você
Completamente eu vou poder me entregar
É bem melhor você sabendo se amar

4 comentários:

Mari disse...

Ah...André...não tema os 33...são muito legais...
O problema é que ele puxa uma série de outros ímpares...e pior vc verá como passam rápido...
Mas, continue assim de bem com a vida, como vc é...e pronto...qualquer idade será boa!
Beijos e muitas felicidades...
Mari

Anônimo disse...

Parabéns, demonstras muita sabedoria de vida, e reconhecimento dos que passam por sua estrada. A vida é uma grande oportunidade, independente da idade material, pois a espiritual, nem se fala.
Beijos
Adorei o texto
Abraços
Malu Macedo

Anônimo disse...

Ha trinta e tres anos atras nasceu um menino por nome andre.
Esse menino veio para trazer alegria para toda a familia,afinal era o primeiro neto homem,primo homem e sobrinho homem(vai ser macho assim la longe hein)kkkkkkkkkk.
Olha primo voce e uma pessoa muito especial para mim,sei que voce sabe disso mas e sempre bom dar uma reforçada pois nunca e demais dizer o quanto amamos e apreciamos uma pessoa.
Aproveite bem seus 33 anos,afinal e a idade de cristo nao e mesmo?
Te amo muito primao
beijos
Dayane nora

Anônimo disse...

Adorei o Blog, após acessá-lo por sugestão da minha querida e adorada Malu, que nele incluiu o seu belíssimo texto "Já vivenciei o preconceito". Já é um dos meus favoritos. Parabéns.
João Cândido