Categorias

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Nº303 ::_34_::

Completei 34 anos de idade ontem e o texto desta postagem talvez possa parecer um pouco triste ou nostálgico não sei. Poucos sabem, aliás, muito poucos mesmo, mas eu desde criança tinha uma cisma desse duplo "3", ta vai, não era bem uma cisma, era na verdade certo medo, sei la, um sentimento ruim em relação a ele. Nunca gostei de números impares, eu sempre preferi os pares, e pensar que eu teria que passar pelo duplo 3 era um pavor, eu não gosto do numero 3, gosto muito do 2, mas depois dele eu quero é pular o 3 e ir logo ao 4. Para mim quando o ano é ímpar também não é muito fácil, é sério, 2009 foi uma caca, eu tinha completado 32 em 2008, mas antes de completar 32, ainda em 2008 quando eu tinha 30 e “1”, as coisas ja tinham desandado uma vez, minha sociedade com a Joszy tinha se desfeito e os planos que nós dois tínhamos imaginado ao dividirmos um sonho tinham ido por água abaixo, na verdade penso que ali a idéia de dividir o sonho não foi muito boa, nós sonhamos o mesmo sonho mas com dimensões diferentes e não medimos que, muito além do investimento financeiro daquele projeto, também estávamos investindo uma amizade que até então ia muito bem e acabou. Bom mas junho passou, julho começou e agosto chegou, abandonei o 31 e dei início ao meu 32º ano de vida, a Ariadine veio trabalhar comigo e durante alguns meses fizemos e executamos alguns planos, a escola deixou de ser "MDY - Informática" passou a ser "Vip Training Cursos" e em dezembro de 2008, eu com 30 e "2" anos não dei atenção aquilo que o Tiago Leyfert chama de "voz da consciência", é sério, a minha me dizia que eu deveria deixar aquele "Titanic" passar mas eu que não sou nenhum Jack Dawson (Leonardo di Caprio) e não entendo nada de jogo de cartas, quis tentar a sorte, talvez a paixão inflamada tenha me impedido de ouvir a "Voz da Consciência" (razão), me deixando seduzir pela beleza daquele pomposo navio que estava fadado a afundar e que quase me levaria junto. O ano seguinte era 2009, ano com final ímpar e o início dele se revelaria uma verdadeira tragédia dessas de fazer chorar sabe, e eu confesso, chorei, chorei sim, pois fui julgado e condenado por pessoas que não me conheciam e que nunca souberam quem era o verdadeiro vilão (ã) da história. Isso tudo passou e em 2009 eu tinha 32 anos e como o 2 é numero par, acreditava que algo de bom ainda iria acontecer, depois de tanta coisa ruim, eu já tinha fechado minha escola, a vida pessoal tinha mudado de uma "osta" pra uma "erda" e por ai vai, ai num dia de uma escuridão enorme, o telefone tocou e era a Izabel, com quem eu não falava a alguns anos, e no fim das contas 2009 seguiu um rumo bem melhor, reencontrar velhos amigos sempre faz bem e ao completar 33 anos, eu comemorei o duplo "3" e segui em frente em busca da velha filosofia do Roger do Ultraje, aprender a me amar a cada dia um pouco mais, e isso ficou um tanto interessante e mais leve depois que eu comecei a frequentar algumas reuniões espíritas com o pessoal da casa assistêncial "Bezerra de Menezes", não me considero um espírita, mas tenho que reconhecer que me ajudou muito ter conhecido essa filosofia. Ontem no dia do meu aniversário, tive a oportunidade de passar o dia com uma parte da minha família, almocei na casa dos meus avós maternos, me diverti um monte conversando com meus primos e olhando para o Luizinho, pensei assim: "nossa, o Luizinho com 31 já se casou duas vezes e já é pai da Luana, uma menina linda que é ginasta e tem um futuro muito interessante pela frente" não que eu sinta inveja do Luizinho ou do Joabe, e acho que não é nenhuma inveja, se quiserem chamar assim podem até chamar, desde que entendam que é uma inveja saudável, totalmente saudável, e quanto ao Luizinho, só gostaria de ser pai, mas não de ter me casado pela segunda vez ok, é a vida segue e vai passando, cada vez mais depressa, meus anos, meus planos e meus sonhos, será que são enganos, espero que não, espero que daqui a um ano, no meu próximo aniversário eu possa postar aqui que em um ano as perspectivas mudaram e que de agosto de 2010 até lá muita coisa aconteça e colabore para que eu me torne cada dia um pouco mais o ser merecedor de receber o melhor que a Vida e o grande Deus Criador ainda tem para me oferecer.

Um comentário:

aletér disse...

HELLO BIG BROTHER... ESTAVA LENDO O SEU TEXTO E REVENDO EM MINHA MEMÓRIA SEUS MOMENTOS DE DIFICULDADE... NÃO ENTENDO MTO ESTA SUA IMPLICANCIA COM O IMPAR RSRS
BOM SEU NIVER PASSOU E EU NEM ESCREVI PRA VC... MAS OW NÃO ESQUECI DE VC E CERTEZA QUE NÃO VOU ESQUCER NUNCA... NA ÉPOCA EM Q VC ESTAVA PASSANDO PELAS SITUAÇÕES DIFICEIS LEMBRO QUE CONVERSAMOS DIVERSAS VEZES... E HJ, ANO PAR RSRS DIA PAR E IDADE PAR HEHEHE ESTOU MUITO FELIZ DE VER VC BEM... COM OBJETIVOS E PROJETOS ... AMO VC MTO MTO MTO, E DESEJO SEMPRE QUE ALEGRIA E PAZ SEJA A REALIDADE DOS SEUS DIAS, E PARABENS PELO 3.4 RSRS BJSSSSSSS