Categorias

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Sabedoria Bariana(rsrsrs)

A algum tempo atrás, talvez um ano ou um pouco mais, o Alan comprou um MP4 com um objetivo um tanto curioso, não ter que suportar as conversas alheias que acontecem dentro do coletivo. O Alan é Arte-filnalista e trabalha em frente a uma tela de computador o dia todo, ao contrário do que podem pensar algumas pessoas, trabalhar com a atenção voltada para uma tela de computador o dia todo é sim uma coisa muito estressante e cansativa, por isso coloquei esse título na postagem do blog, chegar ao trabalho já com a mente cansada não é muito legal. Depois que eu voltei a trabalhar no SESC, estou indo e voltando para o trabalho a pé, são 35min de uma saudável caminhada todos os dias e creio eu, cerca de uns 9,5km de caminho percorrido somando ida e volta, mas na semana passada tive que usar ônibus duas vezes, e na segunda feira(5 de julho) acabei usando de novo, na sexta feira passada, ouvi uma mulher “reclamando do filho dela que está se separando e que a nora dela é uma pessoa tão boazinha e, que o filho dela é tão ruim pra ela tadinha”, e isso foi leve, nada demais, afinal de contas toda sogra tem essa mesma adoração pela sua nora né... Mas anteontem, a coisa se complicou...
Me vi obrigado a usar o Transporte Coletivo para ir para o trabalho e fui vítima do que o Alan já tinha relatado várias vezes...
Logo depois de atravessar a roleta ouvi duas mulheres conversando, elas estavam falando de novela, foi decepcionante reparar que elas falavam sobre o assunto como se falassem de coisas da vida real, quando me dei conta já estava prestando atenção e descobri que nem uma das duas liga para o fato de que na tal novela em pauta, Italianos nativos falam uma língua que não é nem italiano nem português, e a história toda é tão ruim que não vale nem pra tentar ver se o Tony Ramos está tirando leite de pedra, por que aquele é fera, tanto que é a terceira vez que vejo colocarem ele nessa fria, já teve um turco que de turco não tinha nada e até foi criticado pelo Lima Duarte numa entrevista concedida ao Jornal Folha de São Paulo, e teve também aquele Indiano ridículo de uma novela recente que também era um tanto ridícula...
Opa, me alonguei demais no tópico referente às novelas. Mas depois de me afastar das duas senhoras, a coisa piorou, mais la pro fundo estava um grupo de amigas, aparentemente todas com idade entre 24 e 30 anos, falando sobre os seus respectivos relacionamentos, se não entendi errado, 3 delas são casadas e uma, a mais nova, é solteira, uma delas disse para as amigas e para quem quer que estivesse dentro do ônibus ouvir, creio que até o motorista pôde ouvi-la dizer, de forma bem clara que, "achava ótimo ser casada com um cara que trabalha numa banda, pois assim ele fica sexta e sábado fora e só volta no domingo pra dormir o dia inteiro e dar sossego a ela", depois que eu ouvi isso pensei, meu MP4 vai voltar a ser minha companhia diária, pois música já é ótimo, é sempre bom ter uma trilha sonora né, e ainda mais quando essa pode ser escolhida por você e te ajuda a ficar livre desses e outros tantos assuntos inúteis que são falados dentro dos coletivos...

3 comentários:

Alan Bariani. disse...

É bicho, ouvir o papo dos outros dentro do coletivo é um saco.

Mas preciso comprar fones novos, um deles pifou e agora estou "meio" lascado.

Alan Bariani. disse...

"achava ótimo ser casada com um cara que trabalha numa banda, pois assim ele fica sexta e sábado fora e só volta no domingo pra dormir o dia inteiro e dar sossego a ela"


(Risos, muitos risos)

Luh disse...

interessante, eu também preciso de um mp4, urgente!!! não sou fã de ficar ouvindo a novela da vilha alheia...shhsuhsuhs

beijão André