Categorias

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Eleições 2010 - A Batuta é da Dilma

Acredite, vou usar aqui as mesmas palavras que pensei em usar independente de quem fosse eleito.
Não mudarei uma letra do que tinha planejado dizer aqui...
Quando começou a campanha já era do conhecimento de todos que os candidatos a disputar esta eleição de fato, seriam, A candidata do PT Dilma Rousseff e o candidato do PSDB José Serra, o que muito pouca gente sabia era que aconteceria essa loucura na internet, tantos email's encaminhados para todo lado de gente tentando desconstruir esse ou aquele candidato, e essa "campanha" se concentrou na disputa para presidência, mais exatamente na candidata do governo, que se não fosse a força do mesmo, talvez não tivesse tido tanto êxito, pois diferente do presidente Lula, nunca havia sido candidata a nada e não tinha experiência em disputa eleitoral, O Lula deu uma força, e ela conseguiu, passou pelo primeiro turno de forma angustiante, ela mesma reconhece que fez parte da guerrilha que combateu a ditadura militar e talvez por isso tenha suportado tanta pressão, meu "Deus" ministra Dilma, eu sinceramente duvido que eu suportaria, eu teria jogado o boné, até o papa, que vergonha, mas como disse o Erasmo na música, é preciso admirar e respeitar a "força da mulher", pois na escola em que ela estudava, "jamais tirei um dez, sou forte mas não chego aos seus pés". É Dilma, agora vamos querer ver como é que funciona o Brasil sob a batuta de uma maestrina, será que a música vai tocar direitinho, será que a orquestra do congresso vai ser afinadinha, pois como diz o Capitão Nascimento, Excelentíssima Sra. Presidente, o sistema é f*#჊ e orquestrá-lo, não será nada fácil. O meu desejo de coração é que a função multi-tarefas que é atributo da maioria das mulheres que eu conheço, também seja uma virtude sua e que eu esteja muito enganado a seu respeito, não terei nenhum problema em publicar aqui neste blog, um texto reconhecendo que eu estava enganado e que a senhora foi sim muito capaz de fazer o bem pela nossa nação, e aos meus amigos Petistas, Alexandre, Alan, Tito Maciel, Eduardo Seugling..., aqui vai o meu abraço, estes trechos do texto em sublinhado e vermelho, estão exatamente como eu teria postado no caso de uma vitória do candidato Serra, que foi quem recebeu o meu voto, volto a reiterar, não tinha plena convicção de estar votando em alguém 100% comprometido com a população, só escolhi o Serra por uma questão de opnião. Agora cabe a nós, agradecer a Deus por tudo que temos conquistado até aqui, e pedir a ele que de a nossa futura presidente, muita sabedoria, discernimento, paciência e capacitação para que ela conduza bem os rumos desta bela e riquíssima nação.

2 comentários:

Anônimo disse...

Andre Fonseca, antes de qualquer coisa parabéns pelas postagens sempre muito elaboradas e com uma pitada de humor, características dos inteligentes. Sinto me honrado por vês ou outra estar sendo lembrado em suas colunas, depois que inventaram o tal do amigo da nisso, né? Sobre as eleições de 2010 e com as mídias sendo utilizadas ao extremo de suas capacidades, senti-me como um reality show, aliás, um reality show (literalmente dizendo “real”) tendo como participantes coadjuvantes, todos os brasileiros, aliás, como todo reality show que se presa, tivemos até mesmo a participação das intervenções e manipulações dos diretores, entenda-se aqui como diretores a banda podre da imprensa, dos políticos, das religiões, da mídia, e da falsa moralidade que o Brasil se impõe desde tempos remotos. Uma pouca vergonha o que fizeram com as eleições, a maior expressão de democracia de um país; era o sujo falando do mal lavado. Mas como todo o cidadão consciente eu também votei, votei simplesmente por acreditar na tal democracia, e não nos candidatos que pleiteavam a todo o custo o cargo Maximo da dominação chamado presidência da república. Quero dizer com isso que há apenas um equivoco em sua postagem, extremamente compreensível já que minhas posições políticas são para muitos um tanto quanto polemicas e permitem que também outros pensem da mesma forma, que sou um Petista, não o sou. Apesar de respeitar a história produzida ao país por este partido político e a recente demonstração de inúmeros acertos no comando da nação. Minha posição é: Não voto em pessoas! Voto em propostas de políticas econômicas, e em minha avaliação, a menos ruim era a apresentada pelo partido dos trabalhadores, apenas isso. Contudo não me senti nem um pouco constrangido por me considerar um petista, ok? Apenas deixando claro que não o sou realmente. Não escondo também minha extrema satisfação com a vitória da candidata que tem a proposta, repito, na minha avaliação, menos errada ao país. Independente do resultado, feliz ou infelizmente teremos que continuar ralando amigo, e não pouco para garantir nosso futuro no Brasil de amanhã, e que Brasil nos espera? Eu não sei... Mas esta nas mãos de Deus. Um abraço amigo e fique na paz. Continue com a consolidação do sucesso que é seu blog.
Fui!!!!!!!!!!!!!!

Alan... disse...

Cara, vou ser bem honesto com você nessa questão sobre "como vai ser agora"...

Será exatamente como já está sendo, é uma caminhada que vai continuar, buscando avanços naquilo que já está sendo feito e a busca por concertar erros.

A trans-nordestina vai continuar sendo construída, assim como as universidades federais, daqui 4 anos 1/3 da energia elétrica do país será de origem eólica, o financiamento pro trem-bala foi aprovado no começo da semana e começa ser construído em 2012,o minha casa minha vida terá o crédito ampliado... enfim... são uma cacetada de coisas que estão acontecendo e vão continuar contecendo e mudando a cara do país.

Nem vou me ater a citar números, deixo isso pra uma outra hora, mas existem reformas que serão muito importantes pro país que estavam em pauta no partido a algum tempo, entre elas a tão sonhada reforma constituinte ou o marco regulatório pra mídias entre tantas.

Então, quer a globo/veja/folha queiram ou não, o Brasil vai continuar mudando.