Categorias

sexta-feira, 21 de maio de 2010

FEMUCIC 2010 3ª Noite (Vó Mera e Seus Netinhos)

"AS COISAS MAIS SIMPLES E AS MAIS SOFISTICADAS SE CONFUNDEM, A SOFISTICAÇÃO AS VEZES É ENCONTRADA NA PURA SIMPLICIDADE, E A MÚSICA É A LINGUAGEM MAIS DIRETA, É AQUELA LINGUAGEM QUE NÃO PRECISA DE NADA PRA SE EXPLICAR..."
Se você leu a frase acima e está tentando se lembrar onde foi que ouviu esta frase antes, eu lhe ajudo a lembrar... É a frase que o Nando, um dos componentes do grupo Roupa Nova diz no 1º DVD Roupa Nova Acústico, lançado em 2004, ele diz essa frase durante a introdução da música "Bem Simples" que tem a participação do grande Ed Motta e é um verdadeiro show de interpretação.
Eu hoje fiz uma caminhada até o SESC para almoçar por la e observar os músicos que por la almoçam durante a semana em que o evento acontece, encontrei vários vários deles, entre eles por exemplo, vi Ermano Morais que é la de Juazeiro do Norte no Ceará e se apresentou na quarta feira, trocando ideias e acordes com Fernando Faé de Cariacica no Espírito Santo e também ja se apresentou na quarta feira, alias o Fernando deu uma entrevista para a RPC TV as 7horas da manhã naquele dia, eita povo que gosta de música né, pois é, o Ermano durante a entrevista dele após sua apresentação na primeira noite do festival, disse em outras palavras que um dos papéis que o Festival cumpre muito bem é o de mostrar que a música brasileira ainda tem muito o que nos apresentar, e que a cultura musical brasileira é muito rica em seu conteúdo de miscigenação, o que falta pra nós, é a curiosidade e a atitude de não ficar simplesmente aceitando o que a mídia através das rádios e canais de TV tem nos oferecido.
Na segunda feira tive a oportunidade de acompanhar uma entrevista com Antônio Vieira que, é o diretor do SESC-Maringá e já foi meu superior indireto na unidade por duas vezes; nesta entrevista ele contou praticamente toda a história do festival, a entrevista foi muito interessante e me lembro de algo que ele disse na ocasião desta entrevista concedida ao Jornalista Gilson Aguiar do canal Multi Tv da Net Maringá, Vieira foi muito feliz ao comentar que um diferencial do Festival é o fato de ele apresentar com muito esmero e qualidade, a diversidade cultural que tem a música brasileira, músicos de todo o país vêm a Maringá para aproveitar a oportunidade de mostrar seu trabalho em um espetáculo que tem a grandiosidade da nossa cidade e é de graça, basta chegar as 19:30 que é o horário que abrem a bilheteira, retirar seu bilhete e aguardar, para em seguida diante do que seus olhos vão ver e seus ouvidos irão ouvir, se deixar emocionar.
Hoje depois de almoçar no SESC, tive a oportunidade de conhecer a Vó Mera. Vó Mera e Seus Netinhos se apresentam hoje e amanhã no FESTIVAL, conversando com ela e com seus netos, soube que eles já vem realizando esse trabalho a dez anos, dois dos netos dela que a acompanham, além de tocar com ela, também tem uma banda de pagode, fiquei muito feliz em poder conhecer esse pessoal e estou ansioso por ve-los em sua apresentação de logo mais a noite, eu comecei esta postagem com a frase do Nando do Roupa Nova exatamente por esse motivo, me lembro que o Vieira durante a entrevista ao citar a diversidade que o festival apresenta, citou a Vó Mera e Seus Netinhos, vieram la de João Pessoa Na Paraiba trazendo pra nós o Coco de Roda e Ciranda, pessoas simples e que com certeza, foram selecionados e convidados a participar do FESTIVAL por que tem qualidade e boa música para apresentar. Depois de conversar um pouquinho com eles, descobri que o grupo é formado pela Vó Mera(ao centro), sua filha a direita e mais seis Netinhos, que me perdoem os netinhos, mas eu gostei mesmo foi da Netinha, a esquerda(acima) na foto, depois de fazer esta imagem me despedi deles e desejei a eles uma boa apresentação logo mais a noite, eles não são os únicos, vários  outros talentos se apresentarão hoje e momentos marcantes devem acontecer,  as participações do Beto Brito com sua Literatura de Cordel continuam, então é esperar e conferir, nos vemos por lá pessoal.

Um comentário:

Luh... disse...

A vó Mera foi uma das melhores apresentações que provam que familia unida é sucesso na certa...adoreiii...beijo Andrézão