Categorias

quinta-feira, 20 de maio de 2010

SETOR A - FILA D - POLTRONA 14

Na primeira noite do FEMUCIC, ao chegar e pedir o meu bilhete de acesso, a moça da bilheteira me entregou um bilhete e eu disse a ela que gostaria que fosse um lugar bem centralizado, ela me respondeu dizendo que estava simplesmente entregando de acordo com a ordem de chegada por tanto meu bilhete seria mesmo aquele que ela havia me entregado. SETOR A - FILA D - POLTRONA 18, as 20:30 quando as portas do Teatro Calil Haddad se abriram fui la pra dentro procurar meu lugar, quando cheguei no tal setor a, fila d, poltrona 18, percebi que algumas pessoas ja haviam tomado meu lugar, fui orientado pela organização a falar com eles, pois se eu me ocupasse do lugar de outra pessoa, esta também teria o direito de me pedir pra ir procurar meu lugar, ao falar com o pessoal, descobri que a poltrona 18 da fila D, no setor A, estava ocupada por um gentil senhor que veio pra Maringá especialmente em ocasião do nosso FESTIVAL, um casal que estava por ali e também havia mudado de lugar me chamou e o rapaz me ofereceu o bilhete dele, que era da mesma fila ali naquele mesmo setor, só que na Poltrona 14, e ao lado desta, a poltrona 15 estava marcada com uma toquinha amarela e como pra bom entendedor meia palavra basta, esta não poderia ser ocupada, agradeci ao rapaz e me acomodei por ali, na Poltrona 14. O grande Beto Brito que nesta edição do FESTIVAL está nos prestigiando com Leituras de textos Cordelistas nos intervalos entre uma canção e outra, a cada momento, ao entrar em cena, aparecia em um lugar diferente da plateia, e nos presenteava com apresentações sempre cheias de humor e criatividade, ora com pequenas músicas, ou com um breve bate papo.
Logo na abertura do FEMUCIC deste ano já pude perceber que assim como tem acontecido desde sua estreia, será melhor do que o do ano passado e creio eu, pior do que o do próximo ano, pois é assim que a banda toca, a música é um progresso e um processo contínuo, quem não foi no primeiro dia, não perca, ainda restam três dias e depois não diga que eu não lhe dei a dica, o FEMUCIC está demais, nesta quinta dia 20 eu não poderei ir, mas na sexta feira estarei la se Deus quiser.
Ah sim, você leu até aqui e neste momento deve estar pensando: "Ora essa, o André já está dando a deixa do texto e parece que não vai explicar a história da troca das poltronas" calma calma calma...
Dentro do meu Script eu andava meio chateado, pois não pensei que iria sozinho ao festival no primeiro dia, acabei indo, e por ter ido sozinho ocupei a poltrona 14 que como todos sabem fica entre as poltronas 13 e 15, na 13 estava sentada uma senhora, muito simpática, até conversamos um pouco antes do espetáculo começar, e a 15 estava de toca amarela e eu ficava meio sem graça de olhar pra ela, mas eis que numa das vezes que o Beto ia entrar em cena, no script dele e do pessoal do FEMUCIC, o roteiro dizia que ele tinha que contar uma história a partir daquela poltrona amarela de numero 15 e por isso, eu fui presenteado e tive o privilégio de poder fazer esse pequeno vídeo de quase 7 minutos de duração bem de perto, durante uma das várias participações do Beto na noite de estreia, se você for hoje, e tiver a mesma sorte que eu tive, mande um abraço meu pra ele e diga que o viu por aqui, no blog que só acessa quem é VIP.
Dica: A qualidade do audio não é muito boa, mas se você assistir com o volume mais baixo, da pra entender tudo numa boa ok...

PS. FIQUEI NUM LUGAR BEM CENTRALIZADO
Abraço a todos

Um comentário:

Luh... disse...

É André realmente o FEMUCIC é muito bom e todos os anos se supera, eu me apaixonei, ano que vem estarei presente em todos os dias dessa mostra espetacular se Deus quiser

:D